Harmonização facial é um assunto relativamente novo nos pedidos de intervenções odontológicas, embora suas técnicas mais clássicas sejam bastante comuns e utilizadas há muitos anos pelos profissionais da área.

No texto de hoje, vamos explicar de forma simples e objetiva o que significa o conceito de forma ampla e quais são os cuidados que você precisa ter antes de começar um procedimento desse tipo. Confira!

 

O que é harmonização facial?

 

Não há uma única maneira de definir a harmonização facial, afinal, estamos falando de uma série de intervenções que podem refletir na aparência do rosto – que não envolvam cirurgias plásticas.

Basicamente, quando falamos de harmonia, precisamos levar em conta que um rosto harmônico não precisa ser necessariamente simétrico – apenas trazer uma sensação agradável ao ser observado.

E essa é a intenção dos procedimentos: deixar a face mais bonita e com detalhes que agradem ao paciente. Dentre os procedimentos mais comuns de harmonização facial, temos:

 

  • Os clássicos

 

Os procedimentos clássicos de harmonização facial são os já conhecidos há anos, como os clareamentos dentários e até mesmo os aparelhos para correção dos dentes. Embora muitas pessoas não os conhecessem como procedimentos de harmonização, eles entram nessa definição.

Afinal, qual é a intenção de um clareamento ou da correção dos dentes? Deixar o rosto mais harmônico e bonito – e o sorriso faz parte disso!

 

  • As terapias revolucionárias

 

As terapias mais recentes e menos conhecidas são as novas tendências de harmonização facial e costumam ser minimamente invasivas, como os preenchimentos de ácido hialurônico e aplicações de toxina botulínica. Suas funções são diversas e vão desde a necessidade de reparação de alguma imperfeição, como trazer uma aparência mais saudável ao paciente, como o “efeito blush.”

 

 

Quais são os cuidados necessários antes de realizar um procedimento de harmonização facial?

 

Sem dúvidas, a harmonização facial já faz parte de nossas vidas e é uma realidade importante para que as pessoas se sintam melhores com elas mesmas e possam viver uma vida mais feliz. Mesmo assim, alguns cuidados devem ser tomados:

 

  • Como você pôde notar, os procedimentos são específicos e precisam ser realizados por profissionais habilitados nessa área. Procure uma clínica especializada como a Odontovolp e tenha a certeza de que encontrará o melhor resultado final. Jamais faça nenhum tipo de procedimento estético – por mais simples que ele seja – em residências ou com pessoas não habilitadas para isso.

 

  • Peça que seu Dentista passe informações sobre as aplicações e os cuidados necessários após o procedimento. A toxina botulínica, mais conhecida como Botox por exemplo, após a aplicação o paciente não deve manipular o rosto e nem se deitar nas primeiras 4 horas, para evitar que o produto espalhe para regiões indesejadas. Peça toda a orientação para o profissional e pergunte se tiver dúvidas.

 

  • Se preocupe, além da estética, com a saúde da sua boca. Confira se há outros procedimentos a serem realizados antes das intervenções de harmonização facial. Obviamente, um bom profissional saberá o que deverá priorizar.

 

Essas foram apenas algumas informações sobre a harmonização facial. Se você deseja uma opinião profissional sobre o seu caso, procure a Odontovolp e agende sua avalição.

Gostou do texto? Compartilhe nas redes sociais!

Adaptação feita pela Dra. Viviane Volpato

Translate »
Share This
×