Antes de começarmos esse texto explicando o que fazer com a obturação que caiu, precisamos lembrar que o termo correto e mais utilizado nos dias de hoje é “restauração dentária” – que é utilizada para cobrir e reparar os danos que a cárie causou no dente.

O correto de se usar o termo obturação é apenas na situação quando após um tratamento de endodontia (canal), o dente é obturado na porção da raiz.

Mas, voltando ao assunto principal do nosso texto, o que fazer quando a restauração cai? Você sabe os motivos e a solução? Confira no post de hoje!

 

A obturação que caiu – Problema para ser resolvido na hora!

 

A sua restauração caiu e agora há um problema que te causa insegurança, receio de danos no dente e talvez até dor. Essa preocupação não só é compreensível como importantíssima! Quando a popularmente conhecida obturação que caiu passa a ser notada pelo paciente, é o momento de correr ao dentista e relatar o acontecimento.

Mas, você sabe o motivo disso? Vamos explicar de forma bem simples o que o fato de uma restauração cair pode significar:

 

  • O mais comum de ocorrer quando uma restauração cai, é a chamada infiltração no dente. Isso pode ser algo bastante simples de resolver ou pode significar um canal – quando a cárie chega a um ponto tão profundo que atinge a polpa do dente onde estão localizados os nervos do dente.

 

  • Quando estamos falando de um canal, é muito importante resolver o problema o quanto antes, para evitar dores severas e também para conseguir salvar o dente. O canal precisa ser tratado com uma certa urgência e o paciente deve relatar ao dentista se há ou não dores na região.

 

  • Há casos onde a restauração cai ou quebra um pedaço pelo fato do paciente ter bruxismo (ato de ranger inconscientemente os dentes enquanto dorme). O que ocorre é que com o passar do tempo a restauração ou até mesmo o próprio dente sofre micro fissuras ou trincas em sua estrutura nos momentos noturnos de atrição, dessa forma fica fragilizado, quebrando ou caindo fácil em qualquer refeição.

 

Dicas finais para lidar com a restauração que caiu – ou para evitar que ela caia!

 

Antes de mais nada, precisamos trazer algumas dicas para que você não precise lidar com uma restauração que caiu. Anote:

 

 

  • Sempre vá ao dentista para checar a situação das suas restaurações. Muitas vezes, uma infiltração pode não doer e só ser percebida quando a restauração cair.

 

  • Faça avaliação a cada 6 meses com o Dentista para detectar possível bruxismo e poder tratá-lo preventivamente com uma placa para dormir que amortece a força do ranger dos dentes e protege a estrutura dentinária.

 

  • Se você tiver dores, mesmo em dentes já restaurados, procure um profissional o quanto antes. Pode ser apenas sensibilidade ou pode ser um novo início de cáries no local.

 

  • Não espere muitos dias para ir ao dentista quando sua restauração cair. Mesmo se você não estiver com dor, pode haver um canal para ser tratado e o procedimento deve ser feito o mais rápido possível para evitar evolução de possíveis infecções.

 

 

Lembre-se: nossas dicas são gerais e não podem ser suficientes para um diagnóstico. Procure um Dentista em caso de dúvidas.

 

 

Gostou do texto? Compartilhe nas redes sociais!

Adaptação feita pela Dra. Viviane Volpato

[bookly-form service_id=”2″ hide=”categories,staff_members,date,week_days,time_range”]

Translate »
Share This
×